sábado, 29 de junho de 2013

Meias fedorentas ajudam a combater a malária.


Meias repulsivamente fedidas são uma arma na guerra contra a malária, informaram nesta quarta-feira cientistas da Tanzânia. Elas funcionam como um chamariz para o mosquito que transmite a doença. Na experiência, os pesquisadores “perfumaram” armadilhas para os bichos com o odor das meias, que quando atraídos eram envenenados. Em comparação às emboscadas com cheiro normal, as turbinadas capturaram quatro vezes mais mosquitos. A equipe já trabalha no projeto há dois anos. Os casos de malária têm diminuído, mas ainda acontecem cerca de 220 milhões de novas contaminações por ano em todo o mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário