Mostrando postagens com marcador bom humor. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador bom humor. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Fábula de um Gerente .


Esta é a fábula de um alto Gerente de um grande Empresa. Estressado com o desenvolvimento e excesso de trabalho, entrou em colapso nervoso e foi ao médico. Relatou ao psiquiatra o seu caso. O médico, experiente, logo diagnosticou ansiedade, tensão e insegurança. Disse ao paciente: "O Sr. precisa se afastar por duas semanas da sua atividade profissional. O conveniente é que vá para o interior, se isole do dia-a-dia e busque algumas atividades que o relaxem." Munido de vários livros, CD's, mas sem o celular, partiu para a fazenda de um amigo. Passados os dois primeiros dias, já havia lido dois livros e ouvido quase todos os CDs. Continuava inquieto. Pensou então que alguma atividade física seria um bom antídoto para a ansiedade que ainda o dominava. Chamou o administrador da fazenda e pediu para fazer algo. O administrador ficou pensativo e viu uma montanha de esterco que havia acabado de chegar. Disse ao nosso Gerente: "O Sr pode ir espalhando aquele esterco em toda aquela área que será preparada para o cultivo." Pensou consigo: "Ele deverá gastar uma semana com essa tarefa". Grande engano. No dia seguinte o nosso executivo já tinha distribuído o esterco por toda a área. Pediu logo uma nova tarefa. O administrador então lhe disse: "Estamos iniciando a colheita de laranjas. O Sr vá ao laranjal levando três cestos para distribuir as laranjas por tamanho. Pequenas, médias e grandes. No fim daquele primeiro dia o nosso executivo não retornou. Preocupado, o administrador se dirigiu ao laranjal. A cena que viu foi a seguinte: estava nosso executivo com uma laranja na mão, os cestos totalmente vazios, falando consigo mesmo: Esta é grande. Não, é média. Ou será pequena??? Esta é pequena. Não, é grande. Ou será média??? Esta é grande. Não, é pequena. Ou será média???

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

A formiguinha e a Cigarra (nova versão)


Era uma vez, uma formiguinha e uma cigarra muito amigas. Durante todo o outono, a formiguinha trabalhou sem parar, armazenando comida para o período de inverno. Não aproveitou nada do sol, da brisa suave do fim da tarde e nem do bate papo com os amigos ao final do trabalho tomando uma cervejinha. Seu nome era "trabalho" e seu sobrenome "sempre". Enquanto isso, a cigarra só queria saber de cantar nas rodas de amigos e nos bares da cidade; não desperdiçou um minuto sequer, cantou durante todo o outono, dançou, aproveitou o sol, curtiu para valer sem se preocupar com o inverno que estava por vir. Então, passados alguns dias, começou a esfriar. Era o inverno que estava começando. A formiguinha, exausta de tanto trabalhar, entrou para a sua singela e aconchegante toca repleta de comida. Mas alguém chamava por seu nome do lado de fora da toca. Quando abriu a porta para ver quem era, ficou surpresa com o que viu: sua amiga cigarra estava dentro de uma Ferrari com um aconchegante casaco de vison. E a cigarra disse para a formiguinha: - Olá, amiga, vou passar o inverno em Paris. Será que você poderia cuidar da minha toca? E a formiguinha respondeu: - Claro, sem problemas ! Mas o que lhe aconteceu ? Como você conseguiu dinheiro para ir a Paris e comprar esta Ferrari ? E a cigarra respondeu: - Imagine você que eu estava cantando em um bar na semana passada e um produtor gostou da minha voz. Fechei um contrato de seis meses para fazer shows em Paris... A propósito, a amiga deseja algo de lá? - Desejo sim. Se você encontrar o La Fontaine (autor da fábula original) por lá, manda ele ir para a puta que pariu!!! Moral da História: "Aproveite sua vida, saiba dosar trabalho e lazer, pois trabalho em demasia só traz benefício em fábulas do La Fontaine e ao seu patrão." Trabalhe, mas curta a sua vida. Ela é única!!

domingo, 21 de setembro de 2014

O Esnobe.


Ao chegar a uma festa, numa limousine branca, o boçal encontra um amigo, cumprimenta-o e comenta para esnobar: - Tô mal de carro, não estou? Durante a festa, apresenta uma loira fenomenal para o amigo, como sendo sua namorada. - Tô mal de mulher, não estou? O amigo, já de saco cheio de tanta provocação, pergunta: - E aquela sua irmã, a Isadora, que dava pra todo mundo, que fim levou? - Ah! Ela converteu-se e entrou para um convento! - responde o boçal sem se alterar. - Agora é esposa de Jesus Cristo. Tô mal de cunhado, não estou?

Respondendo à Altura.


O General dirige-se a um soldado e pergunta: ? Você tem troco para cem? ? Claro, meu chapa! ? responde prontamente o soldado. ? Isso não são modos de dirigir-se a um oficial! ? revolta-se o General. ? Vamos tentar novamente: Recruta, você tem troco para cem? E o soldado, com voz firme: ? Não, senhor!

terça-feira, 24 de junho de 2014

A APOSTA.


Uma loira e uma morena estavam assistindo ao tele jornal, onde passava um homem ameaçando suicídio em cima de um prédio. - Aposto R$100,00 com você que ele pula. Diz a morena. - Aposto que ele não pula. Diz a loira. Após 5 minutos o homem pula e se espatifa no chão e a loira diz. - É você venceu ele pulou mesmo, tome seus R$100,00. - Desculpe mas não posso aceitar o seu dinheiro, hoje de manha eu vi esta reportagem na tv e já sabia que ele iria pular. - Eu também ja sábia. - Então porque apostou? - Porque não pensei que ele seria tão burro de pular de novo.

quinta-feira, 5 de junho de 2014

A GARRAFA.


A loira entrou no bar e pediu uma soda: - Garçom, por favor, uma soda bem gelada! - Sim, um momento senhora. respondeu o garçom educadamente. - Aqui está senhora, sua soda. trouxe o garçom até a mesa que a loira estava sentada. - Muitíssimo obrigada. disse a loira. O garçom permaneceu perto da mesa até que a loira perguntou: - Nossa, tá difícil de abrir essa garrafa! o garçom respondeu: - Ah! Ela está lacrada. a loira perguntou: - Como faz para abrir? - Tem que torçer senhora! disse o garçom, quando viu a loira gritar: - Abre, abre, abre!

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Jeito de Pensar.


A professora pergunta aos seus alunos: - Se existem 5 passarinhos num ramo e você atira e mata um,quantos sobram? Joãozinho responde: - Nenhum! Todos saem voando com o barulho do tiro. A professora fica surpresa com a resposta: - Não era essa a resposta que eu esperava, mas gosto do seu jeito de pensar. Joãozinho diz: - Eu posso fazer uma pergunta para a senhora? - Pode, Joãozinho. - Existem 3 mulheres sentadas num banco tomando sorvete. Uma está lambendo, outra está chupando e a terceira está mordendo. Qual delas é a casada? A professora fica vermelha, mas responde, timidamente: - A que está chupando. - Não, a casada é a que tem a aliança no dedo, mas eu também gosto do seu jeito de pensar.

domingo, 20 de abril de 2014

PAPO DE LOIRAS.


Duas loiras estavam no céu e começaram a conversar: - Como você morreu? - Morri congelada - Nossa, que coisa horrível. Como é morrer congelada? - Bem, primeiro você congela o braço, a perna, tudo fica muito frio … e de repente você morre. E como você morreu? - Eu morri porque tive um infarto. - Nossa, como foi? - Eu desconfiava que meu marido estava me traindo. Voltei do trabalho mais cedo e vi que ele estava sozinho. Continuei desconfiada e fui procurar a amante dele no porão, no quarto, no quintal, na cozinha, fiz tanto esforço que tive um infarto e morri. - Nossa colega, se você tivesse procurado no congelador, nós duas estaríamos vivas!

domingo, 23 de março de 2014

Conhecimento.


No Curso de Medicina, o professor se dirige ao aluno e pergunta: — Quantos rins nós temos? — Quatro! – responde o aluno. — Quatro? – replica o professor, arrogante, daqueles que sentem prazer em tripudiar sobre os erros dos alunos. — Tragam um feixe de capim, pois temos um asno na sala. – ordena o professor a seu auxiliar. — E para mim um cafezinho! – replicou o aluno ao auxiliar do mestre. O professor ficou irado e expulsou o aluno da sala. Ao sair da sala, o aluno ainda teve a audácia de corrigir o furioso mestre: — O senhor me perguntou quantos rins 'NÓS TEMOS'. 'NÓS' temos quatro: dois meus e dois seus. 'NÓS' é uma expressão usada para o plural. Tenha um bom apetite e delicie-se com o capim. Moral da História: A vida exige muito mais compreensão do que conhecimento. Às vezes as pessoas, por terem um pouco a mais de conhecimento ou acreditarem que o têm, se acham no direito de subestimar os outros... E haja capim!!!

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Parto sem dor.


Uma mulher entra na sala de parto acompanhada do marido para a chegada do primeiro filho. Lá, o médico comenta sobre a mais nova invenção, a máquina que transmite um pouco de dor de parto para o pai. O casal aceita numa boa, então o médico decide transmitir 10% da dor para o pai. Vendo a reação do pai que não sente nada resolve transmitir 50% da dor... Ainda assim o pai está numa boa dizendo não sentir nada, até que resolve ficar com os 100% da dor. Muito bem, a criança nasce sem problemas e logo todos voltam pra casa. Chegando em casa, o carteiro está morto no portão.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Corno no céu..


Um homem sofreu um acidente fatal e morreu. Chegando no céu o porteiro lhe dá uma BMW e lhe diz: - Você nunca traiu sua esposa na sua vida, por tanto esse carro e pra você andar no céu. O próximo ganhou um corsinha porque tinha traído só um pouquinho o outro ganhou um fusquinha porque tinha traído muito. Em um certo dia, o cara do fusquinha vê o da BMW parado no acostamento chorando, e ai o do fusca foi consola -lo: - Você com um carrão desses chorando aí triste e eu aqui com um fusca feliz da vida. o que aconteceu? Imediatamente o da BMW lhe responde: É que eu acabei de ver a minha mulher andando de skate. . . .

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Ricardão na maratona.


O sujeito está na cama com a amante, na casa dela, quando ouve os passos do marido. A mulher manda-o pegar as roupas e pular pela janela. Ele reluta, porque está caindo uma chuva forte, mas, não tendo outro jeito, pula, e cai na rua, no meio de uma maratona. Ele aproveita e corre junto com os outros, que o olham de um jeito esquisito. Afinal, ele esta pelado! Um outro corredor pergunta: -Você sempre corre assim pelado? -Sim! - responde o amante - É tão bom ter essa sensação de liberdade. Outro corredor pergunta: -Mas você sempre corre carregando suas roupas? O sujeito não se da por vencido: -Eu gosto assim. Posso me vestir no fim da corrida e pegar o carro para ir para casa... Um terceiro corredor insiste: -Mas você sempre coloca uma camisinha quando corre? O sujeito responde: -Só quando esta chovendo!!!!!

domingo, 13 de outubro de 2013

Premonição..


Um homem vai no quarto de seu filho para dar-lhe boa noite. O garoto esta tendo um pesadelo. O pai o acorda e pergunta-lhe se ele esta bem. O filho responde que esta com medo porque sonhou que a tia Suzana havia morrido. O pai garante que tia Suzana esta muito bem e manda-o de novo para a cama. No dia seguinte a tia Suzana morre. Uma semana depois, o homem volta ao quarto de seu filho para dar-lhe boa noite. O garoto esta tendo outro pesadelo. O pai o acorda e perguntase ele esta bem. O filho responde que esta com medo porque sonhou que o vovo havia morrido. O pai garante que o vovo esta muito bem e manda-o de novo para a cama. No dia seguinte o vovo morre. Uma semana depois, o homem vai de novo ao quarto de seu filho para dar-lhe boa noite. O garoto esta tendo outro pesadelo. O pai o acorda e pergunta-lhe se ele esta bem. Desta vez o filho responde que esta com medo porque sonhou que o papai havia morrido. O pai garante que ele esta muito bem e manda-o de novo para a cama. Mas o homem vai para a cama e nao consegue dormir. No dia seguinte ele esta apavorado. Tem certeza de que vai morrer. Ele sai para o trabalho e dirige com o maior cuidado para evitar uma colisao. Ele nao almoca de medo de sua comida estar envenenada. Ele evita todo o mundo de medo de ser assassinado. Ele tem sobressalto a cada rua e a qualquer movimento suspeito ele se esconde debaixo de sua mesa. Ao voltar para casa, ele encontra sua esposa e diz: _ Meu Deus... Tive o pior dia de minha vida!!! Ela responde: _Voce acha que foi o pior... E o leiteiro, que morreu aqui na porta de casa hoje de manha!?

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Fotos das famosas sem Maquiagem


foto da Madonna tirada em 2008, diferente né?
Ai ela muda, fica mais jovem sem Maquiagem.
Fica também mais jovem.
Demmi Moore, não se importa o que falam .
Juliana Paes, fica bem diferente não achas?

sábado, 1 de junho de 2013

ESPOSA SURDA


O esposo comenta com seu médico que está preocupado com sua mulher. - Qual o problema de sua esposa? - Surdez. Não ouve quase nada. - Então o senhor vai fazer o seguinte: antes de trazê-la, faça um teste para facilitar o diagnóstico do médico. Sem ela olhar, o senhor, a certa distância, fale em tom normal, até que perceba a que distância ela consegue ouví-lo. E, quando vier, diga ao médico a que distância o Sr. estava quando ela o ouviu. Certo? - Está certo. À noite, quando a mulher preparava o jantar, o velhote decidiu fazer o teste. Mediu a distância que estava em relação à mulher e pensou: "Estou a 15 metros de distância. Vai ser agora" - Maria, o que temos para jantar? Silêncio. Aproxima-se a 10 metros: - Maria, o que temos para jantar? Silêncio. Fica a uma distância de 5 metros: - Maria, o que temos para jantar? Silêncio. Por fim, encosta-se às costas da mulher e volta a perguntar: - Maria! O que temos para jantar? - Frango, seu surdo!... É a quarta vez que eu respondo!

domingo, 12 de maio de 2013

Presente para Mãe idosa.


Eram três filhos que saíram de casa, conseguiram bons empregos e prosperaram. Anos depois, eles se encontraram e estavam discutindo sobre os presentes que conseguiram comprar para a mãe, que já era bem idosa. O primeiro disse: — Eu consegui comprar uma mansão enorme para nossa mãe. O segundo disse: — Eu mandei para ela uma Mercedes zero, com motorista. O terceiro sorriu e disse: — Com certeza ganhei de vocês dois. Vocês sabem como a mamãe gosta da Bíblia. Mas ela está praticamente cega, e não consegue mais ler. Então mandei pra ela um raro papagaio marrom, que consegue recitar a Bíblia todinha. Foram 12 anos de treinamento num mosteiro, por 20 monges diferentes. Tive de doar doze mil dólares por ano para o mosteiro, durante 10 anos, mas valeu a pena. Nossa mãe precisa apenas dizer o capítulo e versículo, que o papagaio recita sem um único erro. Tempos depois, os filhos receberam da mãe uma carta de agradecimento pelos presentes: — Milton, a casa que você comprou é muito grande. Eu moro apenas em um quarto, mas tenho de limpar a casa todinha. — Marvin, estou muito velha pra sair de casa e viajar. Fico em casa o tempo todo, e nunca uso o Mercedes que você me deu. E o motorista também é muito mal educado. — Querido Melvin, você é o único filho que teve bom senso para saber do que a sua mãe realmente gosta. Aquela galinha estava deliciosa. Muito obrigada!

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Piada da Velhinha.


Uma velhinha sabia andar de moto, e todo dia passava pela fronteira montada na motocicleta, com um grande saco atrás. O pessoal da alfândega começou a desconfiar da velhinha. Um dia, quando ela vinha na moto com o saco atrás, o fiscal da alfândega mandou parar. A velhinha parou, e o fiscal perguntou: — Escuta aqui, vovozinha, a senhora passa todo dia por aqui, com esse saco aí atrás. Que diabo a senhora leva nesse saco? A velhinha sorriu e respondeu: — Areia.O fiscal achou que não era areia nenhuma, e mandou a velhinha saltar da moto para examinar o saco. A velhinha saltou, o fiscal esvaziou o saco, e dentro só havia areia. Muito encabulado, ele ordenou à velhinha que fosse em frente. Ela montou na moto e foi embora, com o saco de areia atrás. Mas o fiscal ficou mais desconfiado ainda. Talvez a velhinha passasse um dia com areia, e no outro com muamba, dentro daquele maldito saco. No dia seguinte, quando ela passou na moto com o saco atrás, o fiscal mandou parar outra vez. Perguntou o que ela levava no saco, e ela respondeu: — Areia, uai! O fiscal examinou, e era areia mesmo. Durante um mês, todos os dias o fiscal interceptou a velhinha, e todas as vezes o que ela levava no saco era areia. Aí o fiscal se chateou: — Olha, vovozinha, eu sou fiscal da alfândega há mais de 40 anos. Manjo essa coisa de contrabando pra burro. E ninguém me tira da cabeça que a senhora é contrabandista. — Mas o Sr. tá vendo que no saco só tem areia! A velhinha já ia tocar a moto, quando o fiscal propôs: — Eu prometo que deixo a senhora passar. Não dou parte, não apreendo, não conto nada a ninguém. Mas a senhora vai me dizer qual o contrabando que está passando aqui todos os dias. — O senhor promete que não conta a ninguém? — Juro!!! — É moto. ***

domingo, 28 de abril de 2013

Piada da Terceira Idade.


Depois dos 50 • Os seqüestradores não se interessam mais por você. • De um grupo de reféns, provavelmente você será um dos primeiros a ser libertado. • As pessoas lhe telefonam às nove da manhã e perguntam: Te acordei? • Ninguém mais o considera hipocondríaco. • As coisas que você comprar agora não chegarão a ficar velhas. • Você pode, numa boa, jantar às seis da tarde. • Você pode viver sem relações sexuais, mas não sem os óculos. • Você curte ouvir histórias das cirurgias dos outros. • Você discute apaixonadamente sobre planos de aposentadoria. • Você dá uma festa e os vizinhos nem percebem. • Você deixa de encarar os limites de velocidade como um desafio. • Você pára de tentar manter a barriga encolhida, não importa quem entre na sala. • Você cantarola junto com a música do elevador. • A sua visão não vai piorar muito mais. • O seu investimento em planos de saúde finalmente começa a valer a pena. • As suas articulações passam a ser mais confiáveis do que o serviço de meteorologia. • Seus segredos passam a estar bem guardados com seus amigos, porque eles os esquecem. • Você não quer nem saber onde sua mulher vai, contanto que não tenha que ir junto. • Você é avisado para ir devagar. Pelo médico, e não pelo policial. • Funcionou! – significa que você hoje não precisa ingerir fibras. • Que sorte! – significa que você encontrou seu carro no estacionamento. • Uma noite e tanto – significa que você não teve que se levantar para fazer xixi. • Você não consegue se lembrar de quem lhe mandou esta lista. ***

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Piada em Família.


O pai e o jardim Um velhinho vivia sozinho em Minnesota. Ele queria cavar seu jardim, mas era um trabalho muito pesado. Seu único filho, que normalmente o ajudava, estava na prisão. O velho então escreveu a seguinte carta ao filho, falando de seu problema: "Querido filho, Estou triste porque, ao que parece, não vou poder plantar meu jardim este ano. Detesto não poder fazê-lo porque sua mãe sempre adorava a época do plantio depois do inverno. Mas eu estou velho demais para cavar a terra. Se você estivesse aqui, eu não teria esse problema, mas sei que você não pode me ajudar com o jardim, pois está na prisão . Com amor, papai" Pouco depois o pai recebeu o seguinte telegrama: "PELO AMOR DE DEUS, papai, não escave o jardim! Foi lá que eu escondi os corpos!" Às quatro da manhã do dia seguinte, uma dúzia de agentes do FBI e policiais apareceram e cavaram o jardim inteiro, sem encontrar nenhum corpo. Confuso, o velho escreveu uma carta para o filho contando o que acontecera. Esta foi a resposta: "Pode plantar seu jardim agora, pai. Isso é o máximo que eu posso fazer no momento."

sexta-feira, 29 de março de 2013

Piada de loira.


A loura entra na farmácia segurando um bebê e pergunta ao balconista se pode usar a balança de bebê. - Lamento, minha senhora, nossa balança que pesa bebês está no conserto. Mas podemos calcular o peso do bebê se pesarmos a mamãe e o bebê juntos na balança de adulto. Em seguida, pesamos a mãe sozinha e subtraímos o segundo valor do primeiro! - Ah, isso não vai dar certo... diz a loura. - Por que não? - Porque eu não sou a mãe, sou a tia!!!