Mostrando postagens com marcador coisas curiosas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador coisas curiosas. Mostrar todas as postagens

domingo, 12 de julho de 2015

A MALDIÇÃO DA PRINCESA AMEN-RA Além da Imaginação.


"Sabe-se que os antigos Egípcios possuiam conhecimentos astronômicos, científicos e outros muito avançados para sua época, chegando a realizar proezas de engenharia impossíveis naquele tempo, como a construção das pirâmides. Uma de suas tradições mais conhecidas e praticadas na época, era a do embalsamar os mortos e colocá-los em sarcófagos, pois imaginavam que os falecidos poderiam retornar à vida em uma época futura. Para proteger seus mortos, principalmente os mais importantes, realizavam rituais secretos, onde diz-se a lenda, proferiam maldições para quem violasse as tumbas e principalmente os sarcófagos dos falecidos! Mas seria somente uma lenda?" ================================================================================= Uma figura importante da época Egípcia, foi a Princesa "Amen-Ra", sacerdotisa de "Amon-Ra", e que viveu por volta de 1500 aC no antigo Egito. Quando ela morreu foi embalsamdada, colocada em um belo sarcófago de madeira, e enterrada em uma cripta em Luxor, ao longo das margens do rio Nilo no Egito [Coordenadas GPS: Latitude / Longitude = 25°41'32.62"N, 32°38'4.40"E]. Mais de três mil anos depois, no final do ano de 1890, quatro jovens ricos de Inglaterra visitaram as escavações que estavam sendo feita em Luxor. Chegando no local puderam contemplar o belo sarcófago da princesa, o qual havia recentemente sido recolhido da câmara mortuária, onde repousou por mais de 3000 anos. Fascinados pela macabra raridade, todos quiseram comprá-lo, mas um deles fez uma oferta muito alta, que os outros não puderam cobrir, sendo então o novo proprietário do sarcófago. Após a compra, o novo dono pediu para alguns nativos locais transferiram o sarcófago para o hotel onde ele e seus companheiros estavam hospedados. Horas mais tarde, o novo proprietário do sarcófago saiu sozinho nas areias do deserto e desapareceu e não nunca mais foi visto. No dia seguinte, um de seus três companheiros perdeu um braço depois de ser acidentalmente ferido por um disparo de arma de fogo feito por um dos seus servos egípcios. A maldição atacou também os outros dois que restaram quando retornaram para a Inglaterra. Um descobriu que suas economias haviam desaparecido, e o outro ficou inválido devido à uma doença grave e terminou seus dias vendendo fósforos na rua. Posteriormente, após a série de infortúnios, o caixão chegou à Inglaterra deixando um rastro de tragédias. O sarcófago então foi vendido novamente, e seu novo proprietário, um empresário, seria mais uma vítima da cadeia de acontecimento estranhos e assustadores que acompanhou a múmia em sua tragetória: - três de seus parentes ficaram feridos em um acidente de carro e sua casa foi queimada em um incêndio. O empresário, assustado com o que tinha acontecido, bem como com as história que havia ouvido a respeito do sarcófago com a múmia de Amen-Ra, doou a peça ao Museu Britânico. Mas a maldição que acompanhava a múmia em seu sarcófago, atingiu também o seu transporte para o museu. O caminhão que carregava o sarcófago, de forma misteriosa, se colocou em movimento sozinho, e atrapelou um pedestre. Além disso, um dos transportadores quebrou uma perna e o outro morreu poucos dias depois atingido por uma doença desconhecida. Os problemas foram agravados quando o sarcófago foi colocado na sala egípcia do museu: - os guardas do museu ouviram pancadas e gemidos vindos de dentro do sarcófago, e ao mesmo tempo outras peças do local se moveram sem causa aparente. - um guarda noturno foi encontrado morto de forma misteriosa no trajeto de sua ronda no museu e os outros vigilantes abandonaram o trabalho. - toda a equipe de limpeza do museu se recusou a trabalhar no local onde estava o sarcófago, com medo dos inexplicáveis e assustadores acontecimentos. Então após tantas tragédias e acontecimentos assustadores, finalmente foi decidido transportar o sarcófago para o porão do museu para evitar maiores problemas, mas não funcionou. Um dos conservadores do museu morreu sem motivo aparente e seu auxiliar foi internado devido a uma doença grave. Depois de tantos acontecimentos, a imprensa começou a divulgar para o público a maldição que acompanhou o sarcófago. Então um repórter tirou uma foto do sarcófago. Quando a foto foi revelada, apareceu um rosto humano horrível em vez do rosto pacífico e belamente pintado na madeira do sarcófago. Diz-se que depois de olhar para a imagem por um tempo, o fotógrafo foi para casa e se matou. Finalmente, o Museu Britânico decidiu "se livrar" do sarcófago com a Princesa "Amem-Ra". Um colecionador o comprou, e depois de novos acontecimentos de mortes e desgraças, o trancou no sótão e procurou ajuda. O pedido de ajuda feito pelo cavaleiro assustado foi atendido por Madame Helena Blavatsky, uma autoridade sobre o mundo do ocultismo do início do século XX. Quando Madame Hela entrou na casa, sentiu imediatamente uma presença maligna que se emanava do sótão, onde sem ela saber, estava o sarcófago com a múmia da princesa. Ela então não concordou com a idéia da realização de um exorcismo no local, e implorou a seu proprietário para se livrar do sarcófago urgentemente. Mas quem, na Inglaterra, iria querer comprar um sarcófago com uma múmia, e ainda após tantos acontecimentos trágicos, indicando a existência de uma maldição que acompanhava a todos aqueles que adquirissem aquilo? Ninguém. Felizmente, fora do país surgiu um comprador interessado: um arqueólogo norte americano que atribuía todos aqueles infortúnios que aconteceram à uma série de coincidências, nada mais que isso. Então após as tratativas, para felicidade do antigo proprietário, o sarcófago com a múmia da princesa "Amen-Ra" foi preparado para ser enviado à Nova York (EUA). Na noite de 10 de abril de 1912, o antigo proprietário entregou os restos de princesa de "Amen-Ra" em um grande navio, o qual estava prestes a cruzar o Oceano Atlântico com 2.224 passageiros a bordo: um transatlântico da clase Olympic, batizado com o nome de RMS TITANIC.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

FAZER UMA VAQUINHA.


A expressão “fazer uma vaquinha” surgiu na década de 20 e tem sua origem relacionada com o jogo do bicho e o futebol. Nas décadas de 20 e 30, já que a maioria dos jogadores de futebol não tinha salário, a torcida do time se reunia e arrecadava entre si um prêmio para ser dado aos jogadores. Esses prêmios eram relacionados popularmente com o jogo do bicho. Assim, quando iam arrecadar cinco mil réis, chamavam a bolada de “cachorro”, pois o número cinco representava o cachorro no jogo do bicho. Como o prêmio máximo do jogo do bicho era vinte e cinco mil réis, e isso representava a vaca, surgiu o termo popular “fazer uma vaquinha”, ou seja, tentar reunir o máximo de dinheiro possível para um determinado fim.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

A ilha dos sentimentos.


Era uma vez uma ilha, onde moravam todos os sentimentos: a Alegria, a Tristeza, a Sabedoria e todos os outros sentimentos. Por fim o amor. Mas, um dia, foi avisado aos moradores que aquela ilha iria afundar. Todos os sentimentos apressaram-se para sair da ilha. Pegaram seus barcos e partiram. Mas o amor ficou, pois queria ficar mais um pouco com a ilha, antes que ela afundasse. Quando, por fim, estava quase se afogando, o Amor começou a pedir ajuda. Nesse momento estava passando a Riqueza, em um lindo barco. O Amor disse: - Riqueza, leve-me com você. - Não posso. Há muito ouro e prata no meu barco. Não há lugar para você. Ele pediu ajuda a Vaidade, que também vinha passando. - Vaidade, por favor, me ajude. - Não posso te ajudar, Amor, você esta todo molhado e poderia estragar meu barco novo. Então, o amor pediu ajuda a Tristeza. - Tristeza, leve-me com você. - Ah! Amor, estou tão triste, que prefiro ir sozinha. Também passou a Alegria, mas ela estava tão alegre que nem ouviu o amor chamá-la. Já desesperado, o Amor começou a chorar. Foi quando ouviu uma voz chamar: - Vem Amor, eu levo você! Era um velhinho. O Amor ficou tão feliz que esqueceu-se de perguntar o nome do velhinho. Chegando do outro lado da praia, ele perguntou a Sabedoria. - Sabedoria, quem era aquele velhinho que me trouxe aqui? A Sabedoria respondeu: - Era o TEMPO. - O Tempo? Mas porque só o Tempo me trouxe? - Porque só o Tempo é capaz de entender o "AMOR"."

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Fábula de um Gerente .


Esta é a fábula de um alto Gerente de um grande Empresa. Estressado com o desenvolvimento e excesso de trabalho, entrou em colapso nervoso e foi ao médico. Relatou ao psiquiatra o seu caso. O médico, experiente, logo diagnosticou ansiedade, tensão e insegurança. Disse ao paciente: "O Sr. precisa se afastar por duas semanas da sua atividade profissional. O conveniente é que vá para o interior, se isole do dia-a-dia e busque algumas atividades que o relaxem." Munido de vários livros, CD's, mas sem o celular, partiu para a fazenda de um amigo. Passados os dois primeiros dias, já havia lido dois livros e ouvido quase todos os CDs. Continuava inquieto. Pensou então que alguma atividade física seria um bom antídoto para a ansiedade que ainda o dominava. Chamou o administrador da fazenda e pediu para fazer algo. O administrador ficou pensativo e viu uma montanha de esterco que havia acabado de chegar. Disse ao nosso Gerente: "O Sr pode ir espalhando aquele esterco em toda aquela área que será preparada para o cultivo." Pensou consigo: "Ele deverá gastar uma semana com essa tarefa". Grande engano. No dia seguinte o nosso executivo já tinha distribuído o esterco por toda a área. Pediu logo uma nova tarefa. O administrador então lhe disse: "Estamos iniciando a colheita de laranjas. O Sr vá ao laranjal levando três cestos para distribuir as laranjas por tamanho. Pequenas, médias e grandes. No fim daquele primeiro dia o nosso executivo não retornou. Preocupado, o administrador se dirigiu ao laranjal. A cena que viu foi a seguinte: estava nosso executivo com uma laranja na mão, os cestos totalmente vazios, falando consigo mesmo: Esta é grande. Não, é média. Ou será pequena??? Esta é pequena. Não, é grande. Ou será média??? Esta é grande. Não, é pequena. Ou será média???

domingo, 25 de janeiro de 2015

A lenda da serpente.


Conta a lenda que uma vez uma serpente começou a perseguir um vaga-lume. Este, fugia rápido, com medo da feroz predadora, e a serpente nem pensava em desistir. Fugiu um dia e ela não desistia, dois dias e nada... No terceiro dia, já sem forças, o vaga-lume parou e disse a serpente: - Posso lhe fazer três perguntas? - Não costumo abrir esse precedente a ninguém, mas já que vou te devorar mesmo, pode perguntar... - Pertenço a sua cadeia alimentar? - Não. - Eu te fiz algum mal? - Não - Então, por que você quer acabar comigo? - Porque não suporto ver você brilhar... Moral da história Têm pessoas que se dizem seu(a) amigo(a), mas o que eles querem mesmo é acabar com o seu(a) sucesso.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

A formiguinha e a Cigarra (nova versão)


Era uma vez, uma formiguinha e uma cigarra muito amigas. Durante todo o outono, a formiguinha trabalhou sem parar, armazenando comida para o período de inverno. Não aproveitou nada do sol, da brisa suave do fim da tarde e nem do bate papo com os amigos ao final do trabalho tomando uma cervejinha. Seu nome era "trabalho" e seu sobrenome "sempre". Enquanto isso, a cigarra só queria saber de cantar nas rodas de amigos e nos bares da cidade; não desperdiçou um minuto sequer, cantou durante todo o outono, dançou, aproveitou o sol, curtiu para valer sem se preocupar com o inverno que estava por vir. Então, passados alguns dias, começou a esfriar. Era o inverno que estava começando. A formiguinha, exausta de tanto trabalhar, entrou para a sua singela e aconchegante toca repleta de comida. Mas alguém chamava por seu nome do lado de fora da toca. Quando abriu a porta para ver quem era, ficou surpresa com o que viu: sua amiga cigarra estava dentro de uma Ferrari com um aconchegante casaco de vison. E a cigarra disse para a formiguinha: - Olá, amiga, vou passar o inverno em Paris. Será que você poderia cuidar da minha toca? E a formiguinha respondeu: - Claro, sem problemas ! Mas o que lhe aconteceu ? Como você conseguiu dinheiro para ir a Paris e comprar esta Ferrari ? E a cigarra respondeu: - Imagine você que eu estava cantando em um bar na semana passada e um produtor gostou da minha voz. Fechei um contrato de seis meses para fazer shows em Paris... A propósito, a amiga deseja algo de lá? - Desejo sim. Se você encontrar o La Fontaine (autor da fábula original) por lá, manda ele ir para a puta que pariu!!! Moral da História: "Aproveite sua vida, saiba dosar trabalho e lazer, pois trabalho em demasia só traz benefício em fábulas do La Fontaine e ao seu patrão." Trabalhe, mas curta a sua vida. Ela é única!!

domingo, 21 de setembro de 2014

Respondendo à Altura.


O General dirige-se a um soldado e pergunta: ? Você tem troco para cem? ? Claro, meu chapa! ? responde prontamente o soldado. ? Isso não são modos de dirigir-se a um oficial! ? revolta-se o General. ? Vamos tentar novamente: Recruta, você tem troco para cem? E o soldado, com voz firme: ? Não, senhor!

terça-feira, 24 de junho de 2014

A APOSTA.


Uma loira e uma morena estavam assistindo ao tele jornal, onde passava um homem ameaçando suicídio em cima de um prédio. - Aposto R$100,00 com você que ele pula. Diz a morena. - Aposto que ele não pula. Diz a loira. Após 5 minutos o homem pula e se espatifa no chão e a loira diz. - É você venceu ele pulou mesmo, tome seus R$100,00. - Desculpe mas não posso aceitar o seu dinheiro, hoje de manha eu vi esta reportagem na tv e já sabia que ele iria pular. - Eu também ja sábia. - Então porque apostou? - Porque não pensei que ele seria tão burro de pular de novo.

quinta-feira, 5 de junho de 2014

A GARRAFA.


A loira entrou no bar e pediu uma soda: - Garçom, por favor, uma soda bem gelada! - Sim, um momento senhora. respondeu o garçom educadamente. - Aqui está senhora, sua soda. trouxe o garçom até a mesa que a loira estava sentada. - Muitíssimo obrigada. disse a loira. O garçom permaneceu perto da mesa até que a loira perguntou: - Nossa, tá difícil de abrir essa garrafa! o garçom respondeu: - Ah! Ela está lacrada. a loira perguntou: - Como faz para abrir? - Tem que torçer senhora! disse o garçom, quando viu a loira gritar: - Abre, abre, abre!

domingo, 23 de março de 2014

Conhecimento.


No Curso de Medicina, o professor se dirige ao aluno e pergunta: — Quantos rins nós temos? — Quatro! – responde o aluno. — Quatro? – replica o professor, arrogante, daqueles que sentem prazer em tripudiar sobre os erros dos alunos. — Tragam um feixe de capim, pois temos um asno na sala. – ordena o professor a seu auxiliar. — E para mim um cafezinho! – replicou o aluno ao auxiliar do mestre. O professor ficou irado e expulsou o aluno da sala. Ao sair da sala, o aluno ainda teve a audácia de corrigir o furioso mestre: — O senhor me perguntou quantos rins 'NÓS TEMOS'. 'NÓS' temos quatro: dois meus e dois seus. 'NÓS' é uma expressão usada para o plural. Tenha um bom apetite e delicie-se com o capim. Moral da História: A vida exige muito mais compreensão do que conhecimento. Às vezes as pessoas, por terem um pouco a mais de conhecimento ou acreditarem que o têm, se acham no direito de subestimar os outros... E haja capim!!!

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Barbeiro esperto.


O sujeito chega no barbeiro e pergunta: - Em quanto tempo o senhor pode me atender? - Duas horas - responde o barbeiro Ele vai-se embora e so volta no dia seguinte, fazendo a mesma pergunta. O barbeiro olha o caderno e diz: - Duas horas e meia Ele vai embora e volta no dia seguinte, com a mesma pergunta. - Uma hora e meia - responde o barbeiro. Como esta historia repete-se todos os dias, o barbeiro comeca a ficar curioso e pede para um ajudante seguir o sujeito para ver qual é a dele. O ajudante volta quinze minutos depois, sem conseguir segurar o riso. O barbeiro pergunta: - E ai, para onde é que ele foi? O ajudante responde: - Para a tua casa.

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Parto sem dor.


Uma mulher entra na sala de parto acompanhada do marido para a chegada do primeiro filho. Lá, o médico comenta sobre a mais nova invenção, a máquina que transmite um pouco de dor de parto para o pai. O casal aceita numa boa, então o médico decide transmitir 10% da dor para o pai. Vendo a reação do pai que não sente nada resolve transmitir 50% da dor... Ainda assim o pai está numa boa dizendo não sentir nada, até que resolve ficar com os 100% da dor. Muito bem, a criança nasce sem problemas e logo todos voltam pra casa. Chegando em casa, o carteiro está morto no portão.

sábado, 2 de novembro de 2013

Judeu e o milionário..


Um judeu, de sangue raríssimo, doou ½ litro de sangue a um milionário muito doente. Para retribuir o gesto, o milionário deu ao judeu uma BMW 0km. Dias depois, o milionário precisava de mais sangue. Avisou ao judeu, que super-depressa foi ao hospital. Seria preciso mais 1 litro. O judeu falou: - Se quiser, tire logo 3. Assim feito, dia seguinte o judeu recebe uma caixa do milionário (contendo 3 esfihas). Ficou indignado! foi cobrar do milionário uma explicação. - Ora, da primeira vez, doei ½ litro e ganhei uma BMW. Na segunda vez, 3 litros e só ganhei 3 esfihas. Por quê? O milionário explicou: - Você esqueceu que agora tenho sangue judeu?

domingo, 13 de outubro de 2013

Premonição..


Um homem vai no quarto de seu filho para dar-lhe boa noite. O garoto esta tendo um pesadelo. O pai o acorda e pergunta-lhe se ele esta bem. O filho responde que esta com medo porque sonhou que a tia Suzana havia morrido. O pai garante que tia Suzana esta muito bem e manda-o de novo para a cama. No dia seguinte a tia Suzana morre. Uma semana depois, o homem volta ao quarto de seu filho para dar-lhe boa noite. O garoto esta tendo outro pesadelo. O pai o acorda e perguntase ele esta bem. O filho responde que esta com medo porque sonhou que o vovo havia morrido. O pai garante que o vovo esta muito bem e manda-o de novo para a cama. No dia seguinte o vovo morre. Uma semana depois, o homem vai de novo ao quarto de seu filho para dar-lhe boa noite. O garoto esta tendo outro pesadelo. O pai o acorda e pergunta-lhe se ele esta bem. Desta vez o filho responde que esta com medo porque sonhou que o papai havia morrido. O pai garante que ele esta muito bem e manda-o de novo para a cama. Mas o homem vai para a cama e nao consegue dormir. No dia seguinte ele esta apavorado. Tem certeza de que vai morrer. Ele sai para o trabalho e dirige com o maior cuidado para evitar uma colisao. Ele nao almoca de medo de sua comida estar envenenada. Ele evita todo o mundo de medo de ser assassinado. Ele tem sobressalto a cada rua e a qualquer movimento suspeito ele se esconde debaixo de sua mesa. Ao voltar para casa, ele encontra sua esposa e diz: _ Meu Deus... Tive o pior dia de minha vida!!! Ela responde: _Voce acha que foi o pior... E o leiteiro, que morreu aqui na porta de casa hoje de manha!?

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Homem menor do Mundo.


Este é o homem menor do Mundo, corpo de bebê, porém ele já tem muitos anos de vida. Ele não é conhecido, porém encontram fotos e videos na Internet. Tem apenas 73 centímetros , é inacreditável. Acima você vê uma foto que mostra pelo ao menos algo de bom em ser homem menor do mundo, pelo jeito ele tem um cérebro menor do mundo também pois ele não está olhando para cima.

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Piada sobre Advogado.


Casamento do Advogado O advogado casou com uma mulher que já havia sido casada oito vezes. Na noite de núpcias, no quarto do hotel, a noiva disse: - Por favor meu bem, seja gentil. Ainda sou virgem! Perplexo, sabendo que ela havia sido casada oito vezes, o noivo pediu a ela que se explicasse. E ela respondeu: - Meu 1º marido era Psiquiatra. Ele só queria conversar sobre sexo. - Meu 2º marido era Ginecologista. Ele só queria examinar o local. - Meu 3º marido era Colecionador de Selos. Ele só queria lamber. - Meu 4º marido era Gerente de Vendas. Ele dizia que sabia que tinha o produto, mas não sabia como utilizá-lo. - Meu 5º marido era Engenheiro. Ele dizia que compreendia o procedimento básico, mas que precisava de três anos para pesquisar, implementar e criar um método de utilização. - Meu 6º marido era Funcionário Público. Ele dizia que compreendia perfeitamente como era, mas que não tinha a certeza se era da competência dele. - Meu 7º marido era Técnico de Informática. Ele dizia que, se estava funcionando, era melhor ele não mexer. - Meu 8º marido era Analista de Suporte. Depois de dar uma olhada, ele disse que as peças estavam todas perfeitas, mas que não sabia porque o sistema não funcionava. - Por isso, agora estou casando com um advogado. - Por que? - Porque tenho certeza de que você vai me ...

domingo, 30 de junho de 2013

Honda inicia produção do primeiro carro a água | Automóvel a Hidrogénio.


primeiro automóvel produzido para o comércio movido a hidrogénio irá estar disponível no mercado a partir do mês que vem. A fabricante japonesa de automóveis Honda começou a produzir nesta segunda-feira os primeiros carros movidos a hidrogênio para serem vendidos no mercado americano em julho, e a partir de setembro no Japão. O carro para quatro pessoas, é movido a hidrogênio e eletricidade, emitindo apenas vapor d’água pelo tubo de escape! O fx clarity, nome do primeiro carro a hidrogénio, oferece 3 vezes mais eficiencia energética do que os carros movidos a gasolina. A Honda vai fabricar 200 automóveis a água nos proximos 3 anos, e irá vendeêlos a leasing. O carro a água será vendido por 600$ dolares por mês durante 3 anos, com seguro e manutenção incluidos. O maior problema, para não termos carros a hidrogénio em larga escala, é a falta do postos de abastecimento com hidrogénio. Uma das maiores dificuldades para o uso em larga escala dos carros movidos a hidrogênio é a falta de postos de abastecimento.

Por que o seu horóscopo está errado?


Já faz algum tempo que nossos horóscopos estão errados, o problema não é apenas com as previsões para 2011. Por que? Basicamente, porque as estrelas não estão alinhadas da forma que os astrólogos acham. Nossos signos zodiacais – Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes – são determinados pela constelação alinhada com o Sol no dia em que nascemos. Só que a Terra balança, algo que é conhecido pelos cientistas como precessão. Isso quer dizer que durante os últimos 2500 anos, desde que os signos foram “estabelecidos”, seu signo se moveu, aproximadamente, um mês em relação ao sol e as estrelas. Ou seja, você não é do signo que acha que é. E há um novo signo no céu desde então – Ophiuchus (ou Serpente) – que vem depois de escorpião. Então se você nasceu entre 29 de novembro e 17 de dezembro, seu signo é “novinho” em folha. Se você quer saber qual é seu verdadeiro signo, confira a tabela abaixo: * Capricórnio – 20 de Janeiro a 16 de Fevereiro * Aquário – 16 de Fevereiro a 11 de Março * Peixes – 11 de Março a 18 de Abril * Áries – 18 de Abril a 13 de Maio * Touro-13 de Maio a 21 de Junho * Gêmeos – 21 de Junho a 20 de Julho * Câncer – 20 de Julho a 10 de Agosto * Leão – 10 de Agosto a 16 de Setembro * Virgem – 16 de Setembro a 30 de Outubro * Libra – 30 de Outubro a 23 de Novembro * Escorpião – 23 de Novembro a 29 de Novembro * Serpente – 29 de Novembro a 17 de Dezembro * Sagitário – 17 de Dezembro a 20 de Janeiro

sábado, 29 de junho de 2013

Irmãos de 5 e 7 anos de idade batem o carro da avó, na Holanda.


A polícia de Amsterdã se surpreendeu ao descobrir que os responsáveis por um acidente de trânsito eram dois garotos de cinco e sete anos de idade, que mal conseguem enxergar por cima do painel. Os irmãos resolveram dar uma "voltinha" com o carro da avó e acabaram por gerar um bom prejuízo. Quando chegaram ao local, os tiras encontraram o veículo batido em um poste de metal, com bastante dano à parte da frente, e os garotinhos esperando do lado de fora. Segundo a agência de notícias AFP, o irmão mais velho confessou que eles haviam pegado o carro escondido, e dirigido por aproximadamente 1,5 km antes da colisão. Levados para a delegacia e liberados, os jovens não sofreram ferimentos. "Pelo menos eu estava usando cinto de segurança, e meu irmão estava no assento para crianças", revelou mais tarde o menino não identificado de sete anos à agência holandesa ANP. Talvez os garotos já estavam cansados de carrinho de brinquedo.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

A história do automóvel:Como foi inventado o carro.


Ao longo da História, a humanidade sempre buscou por formas de melhorar a vida. E na busca por um meio de transporte cada vez mais rápido, eficiente e confortável, aos poucos, o ser humano foi criando e desenvolvendo uma máquina que hoje conhecemos como carro. Antes do carro as pessoas se locomoviam por meio de cavalos, carroças e carruagens. No entanto, o primeiro automóvel a combustão foi criado por Karl Friedrich Benz em 1886. Benz era um engenheiro mecânico,nasceu na Alemanha e patenteou um carro de três rodas, com o seu próprio sistema de acelerador, velas de ignição, engrenagens, radiador de água, carburador e outras ferramentas necessárias no sistema interno do carro. A partir daquela época, Benz construiu uma companhia de carro que existe até hoje, como o Grupo Daimler. Patenteou, mas não foi o primeiro a pensar na invenção Embora Karl Benz tenha patenteado o primeiro carro movido à gasolina, a ideia de um veículo automotor já havia sido idealizada por outros homens que existiram antes de Benz. Um dos maiores gênios da Humanidade, Leonardo da Vinci, em 1500 já havia esboçado um carro mecanizado sem auxílio de cavalos, mas como a maioria de seus projetos, não saiu do papel. Em 1769, um francês chamado Nicolas-Joseph Cugnot construiu um veículo automotor com um motor movido a vapor, no entanto, a ideia foi logo abandonada. Outra tentativa de construir um automóvel, desta vez com uma bateria recarregável, foi desenvolvida entre 1832 e 1839 pelo escocês Robert Anderson. Entretanto, a bateria precisava ser constantemente recarregada por um motor elétrico, além disso, esses veículos eram pesados e caros, e por isso foram abandonados pela inviabilidade. O primeiro carro que deu certo Após tantas tentativas sem sucesso, Karl Benz conseguiu desenvolver um carro prático comum com motor de combustão interno, movido a gasolina, e que serviu de modelo para os carros que temos hoje. A história de Benz O engenheiro nasceu em 1844 em Karlsruhe, na Alemanha. Filho de um trabalhador ferroviário foi criado apenas pela mãe, já que o pai morreu quando ele tinha apenas 2 anos. Aos 15 anos, entrou para a Universidade de Karlsruhe, e em 1864 formou-se em engenharia mecânica. Benz idealizou e empreendeu esforços e dinheiro em uma fundição de ferro e uma oficina de chapa metálica, mas o empreendimento não deu certo. No entanto, a sua noiva Bertha Ringer, que acreditava no talento de Benz, utilizou o seu próprio dote para financiar uma nova fábrica para a construção de motores a gás. Quando a empresa finalmente começou a lucrar, Benz passou a construir carruagens sem cavalos, movidos a gás. Em 1888 a então esposa de Benz, Bertha, resolveu fazer uma viagem com um dos modelos mais recentes construídos pelo marido. Após a viagem bem sucedida, Benz conseguiu melhorar o seu carro fazendo alguns ajustes necessários. No ano seguinte, em 1889, o engenheiro demonstrou o seu modelo Motorwagen na Feira Mundial de Paris. Quarenta anos mais tarde, em 1929, Benz faleceu e não pôde constatar o sucesso que seria a máquina que criara. No entanto, dois anos antes de sua morte, Benz se fundiu com a companhia de automóvel do colega Gottlieb Daimler, e formaram o que é hoje o Grupo Daimler, o fabricante da marca Mercedes-Benz.