Mostrando postagens com marcador marido. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador marido. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Transa Grátis.

Dois irmãos, Manoel e Joaquim, estão dando um passeio de carro quando vêem um posto com um cartaz: "ENCHA O TANQUE E CONCORRA A UMA TRANSA GRÁTIS!". Eles não têm dúvida. Entram no posto e pedem pra encher o tanque. Depois do tanque cheio, Manoel pergunta ao frentista: — Como funciona a promoção? — É muito simples — responde o frentista, com um sotaque brasileiro — Você diz um número de 1 a 10 e, se for o mesmo número que eu estou pensando, você ganha! — Que legal! — diz o portuga, empolgado — Então vamos lá... Oito! — Errou! — dispara o frentista — Eu estava pensando no número quatro... Alguns dias depois, eles voltam ao posto, enchem o tanque e, dessa vez, Joaquim arrisca: — Seis! — Errou... — disse o frentista, penalizado — Eu estava pensando no número nove! Então os portugueses vão pra casa, decepcionados, voltam ao posto mais algumas vezes e erram o número em todas. Até que Manoel diz, desconfiado: — Não sei não, Joaquim... Algo me diz que estamos sendo enganados! Já arriscamos este número uma porção de vezes e não acertamos nenhuma... — Não fala besteira, Manoel! Um dia a gente acerta este número! Só na semana passada a minha mulher acertou duas vezes.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Mulher Venenosa.


A mulher chega na farmácia e fala: - Eu quero o veneno mais forte que você tem aí! - Mas minha senhora, eu não posso te vender veneno! - Não quero saber... Eu quero o veneno e pronto! - Mas pra que você quer o veneno? - Pra quê? Meu marido sai com todas as mulheres do bairro... É um safado, sem vergonha... - Mesmo assim, senhora! Não posso te vender! A mulher abre a bolsa e tira uma foto do seu marido abraçadinho com a mulher do farmacêutico. - Olha só... Os dois agarradinhos! Você não vai me vender mesmo? - Ah! Por que a senhora não disse que tinha a receita?

terça-feira, 18 de setembro de 2012

A Sua Filha Adorou


O sujeito, meio esquisitão, casa-se com uma loira gostosíssima e vai passar a lua de mel na Europa. Um mês depois os dois estão de volta e a esposa queixa-se com a mãe: - Mamãe, o Ricardinho não tocou em mim durante toda a viagem. Eu continuo virgem! - Mas não é possível! Vou pedir para o seu pai falar com ele! No dia seguinte o tal de Ricardinho esta sentando diante do sogro. - E ai, Ricardinho! Como foi a viagem? - Foi ótima, seu Alberto! A sua filha adorou! - E como estava Roma? - Linda e eterna, como sempre! A sua filha adorou! - E Paris? - Muito romântica, como sempre! Os cafés, os bistros... a sua filha adorou! - E a Espanha? - Fomos ver uma tourada! A sua filha adorou! - Escuta, o Ricardinho! Vamos direto ao assunto, o que a minha filha adora mesmo é uma pica deste tamanho! - Cruzes, seu Alberto! E quem é que não gosta?

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Segredos Pós-casamento.


O casal chega na lua-de-mel, tranca-se no quarto e a noiva começa: — Benzinho, tenho uma confissão para te fazer! — Fala, meu amor! — Você sabe por que eu quis casar virgem? Porque eu tenho vergonha dos meus seios de tão pequenos... — Ora, eu não me importo com isso! Mas também tenho uma coisa para te confessar... — O que é? — Você sabe por que eu nunca insisti para fazer sexo com você? — Por quê? — É por causa do tamanho do meu membro... É igual um recém-nascido! — Assim pequenininho? — Não amorzinho... Tem uns cinqüenta centímetros e pesa uns quatro quilos!

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Desculpa perfeita.


Um sujeito está voltando para casa, dirigindo acima da velocidade permitida. Olhando pelo retrovisor, ele vê um carro de polícia buzinando, com um guarda fazendo gestos obrigando-o a parar. Ele pensa: "corro mais do que ele", e pisa fundo no acelerador. O carro dá uma arrancada e a polícia segue-o numa corrida desenfreada — 100, 120, 140, 160 km/h. Quando o velocímetro chega a 180 e a polícia continua atrás dele, o sujeito desiste e encosta. O guarda chega na janela e diz: — Olha, eu tive um dia cansativo hoje e só quero ir para casa. Me dê uma boa desculpa e eu o deixo ir. O sujeito pensa por um momento e diz: — Há três semanas minha mulher fugiu com um guarda. Quando eu vi seu carro no meu retrovisor, eu pensei que fosse o senhor e que estivesse tentando devolvê-la!

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Dividir para Multiplicar.

Casal de velhinhos entra num daqueles restaurantezinhos fuleiros, pede um misto-frio e uma Coca-cola. Assim que são servidos, o velhinho pede mais um copo e divide a Coca-cola, entrega a metade do misto-frio para a velhinha e começa a comer, enquanto ela fica olhando. Comovido, ao vê-los dividir um lanche tão mingüado, o atendente faz um outro sanduíche e entrega para a velhinha, dizendo: — Esse é por conta da casa! O velhinho agradece e explica, orgulhoso: — Somos casados há 60 anos e sempre dividimos tudo o que possuímos, meio a meio. — Muito bacana! — elogia o atendente. E, dirigindo-se à velhinha: — A senhora não vai comer seu lanche? — Sim, daqui a pouco! Agora é a vez dele de usar a dentadura!

terça-feira, 14 de agosto de 2012

o Defunto Precavido.


http://coltisorderai.blogspot.com No cemitério, uma mulher vestida de preto, véu na cabeça, lamentava-se, ajoelhada ao lado de um túmulo: - Salim, meu querido! Porque você foi me abandonar? Sniff... Sniff... Estou sentindo tanto a sua falta, Salim! As crianças não se conformam com a sua morte! Oh! Salim! Sniff... Que desgraça que foi acontecer com a gente! Nesse instante um senhor passa pela mulher e nota que a inscrição na lapide do túmulo dizia: "Aqui jaz Jacó". Comovido, ao ver a mulher tão transtornada, aproximou-se para ajuda-la: - Desculpe, a senhora deve ter se enganado de túmulo. Esse daí esta escrito: Jacó! - Não me enganei não, cavalheiro! É que Salim nunca punha nada no nome dele!

sábado, 11 de agosto de 2012

Família difícil.


Dois compadres se encontram depois de muito tempo sem se ver: — E aí, Jeremias! Como andam as coisas? — Tudo bem e você? — Eu estou bem! E como está meu afilhado? — Ah, compadre! Tenho uma péssima notícia para você. É que o menino deu pra ser boiola agora. — Não me diga, Jeremias. E como vai o seu filho mais velho? — Esse só se solta quando bebe, mas o menino só quer viver bêbado, compadre! — Nossa, mas, me diga uma coisa, ninguém gosta de mulher na sua casa? - Pergunta o amigo surpreso. — Claro que sim! Minha filha! A menina é doida por mulher !

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Compatibilidade de gênios.


A mulher resolveu se separar do marido. O juiz perguntou a ela qual seria a principal razão para essa separação do marido Ricardo. - Compatibilidade de gênios. O juiz estranhou: - A senhora deve estar querendo dizer incompatibilidade de gênios? - Não, não.. É compatibilidade mesmo! - Por favor, explique-se melhor - pediu o juiz. - Eu gosto de passear, Ricardo também gosta. Eu gosto de ir ao cinema, Ricardo também gosta. Eu gosto de pizza aos sábados, Ricardo também gosta. Eu gosto de homem, o Ricardo a-do-ra!

sábado, 4 de agosto de 2012

Carta do ex Marido.


Querida, escrevo para dizer que vou te deixar. Fui bom marido por 7 anos. As duas últimas semanas foram um inferno. O seu chefe me chamou para dizer que você tinha pedido demissão e isto foi a gota. Na semana passada, nem notou que não assisti ao futebol. Te levei na churrascaria que mais gosta. Chegou em casa, nem comeu e foi dormir depois da novela. Não diz que me ama. Está me enganando ou não me ama mais. P.S.: Se quiser me encontrar, desista. A Júlia, aquela sua ‘melhor amiga’ da academia e eu vamos viajar para o nordeste e vamos nos casar! Ass.: Seu ex-marido. Resposta: Querido ex-marido, nada me fez mais feliz do que ler sua carta. É verdade, ficamos casados por 7 anos, mas dizer que você foi um bom marido é exagero. Vejo a novela para não lhe ouvir resmungar a toda hora. Reparei que não assistiu futebol, mas com certeza, foi porque seu time tinha perdido e você estava de mau humor. A churrascaria deve ser a preferida da amiga Júlia, pois não como carne há dois anos. Fui dormir porque vi que a cueca estava manchada de batom. Rezei para que a empregada não visse. Mas, com tudo isto, ainda o amava e senti que poderíamos resolver os nossos problemas. Assim quando descobri que eu tinha ganhado na Loteria, deixei o meu emprego e comprei dois bilhetes de avião para o Taiti, mas quando cheguei em casa você já tinha ido. Fazer o quê? Tudo acontece por alguma razão. Espero que você tenha a vida que sempre sonhou. O meu advogado me disse que devido à carta que você escreveu, não terá direito a nada. Portanto, se cuida! P.S.: Não sei se lhe disse, mas a Júlia, minha ‘melhor amiga’, está grávida do Jorginho, nosso personal. Espero que isto não seja um problema... Ass.: Milionária, gostosa e solteira.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Com que roupa!


A loira gostosíssima foi passar o fim de semana na casa dos avós, levando seu namorado à tiracolo. Tarde da noite, a velhinha entra no quarto da loira e se depara com a neta completamente nua. Então ela diz, abismada: — O que é isso, minha neta? — Isso o quê, vovó? — responde ela, sem se alterar. — você aí, pelada na cama... E o seu namorado, onde está? — Ele está tomando banho, vovó... E eu não estou pelada! Estou usando o meu pijaminha do amor... A vovó acha aquilo muito interessante e então resolve fazer uma surpresa para o seu velho, ficando completamente sem roupa na cama deles. Até que ele entra de supetão no quarto e se depara com a sua velha, completamente nua, fazendo pose. — O que é isso, minha velha? — pergunta ele, assustado. — Isso o quê? — pergunta ela, se fazendo de desentendida. — Você aí, deitada sem roupa? E a velha responde, com tom sedutor: — Não estou sem roupa, estou usando o pijaminha do amor... — Tudo bem, mas pelo menos você poderia ter dado uma passadinha antes!

quarta-feira, 18 de julho de 2012

O professor de Matemática.


Um professor de matemática envia à sua esposa um fax com a seguinte mensagem: “Querida esposa: sei que compreendes que agora tens 54 anos, e que eu tenho certas necessidades que já não podes satisfazer. Sou feliz contigo como minha esposa e, sinceramente, espero que não te sintas magoada ou ofendida ao saber que quando estiveres lendo este fax estarei no Big Dick Motel com minha secretária, que tem 18 anos. Chegarei em casa antes da meia-noite.” Quando o cara chega em casa, vindo do motel, encontra a seguinte carta: “Querido esposo: obrigada pelo aviso. Aproveito a oportunidade para lembrar-te que tu também tens 54 anos. Ao mesmo tempo, te comunico que, quando estiveres lendo esta carta, estarei no Motel Happy Dust com meu professor de tênis, que também tem 18 anos. Como és um matemático, poderás compreender facilmente que estamos nas mesmas circunstâncias, mas com uma pequena diferença: 18 entra mais vezes em 54, do que 54 em 18 … Portanto, não me espere, porque vou chegar só amanhã. Um beijo da tua esposa que verdadeiramente te compreende.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Marido quase perfeito ,


O marido liga para casa durante o expediente. _ Oi minha rainha... como vai meu amor... tudo bem? _ Que bom , me diz , as crianças estão bem? _ brincando sem parar, não se preocupe. -Ótimo , perfeito. Elas já almoçaram tudo?... Sim?... que bom! E me conmtas minha linda, o que cozinhou hoje? -O seu prato preferido. -Uau! Bife a Milanesa! Por isso te adoro! Mas diz tudo tranquilo em casa então? -Fique tranquilo que ta tudo bem. -Ah e você promete que hoje a noite colocará aquele baby doll preto para mim? AQquele que é totalmente transparente? -Tudo para te agradar... E não vou esquecer seu pedido, sem perfume para você fungar na minha nuca como mais gosta. -Sério? Obrigada meu tesão... Por isso te amo tanto...Daqui a pouco te vejo, viu meu amor? -Agora me chama a patroa tá?