segunda-feira, 2 de julho de 2012

Como a Lagrata se transforma em borboleta.


A transformação acontece em quatro fases: o ovo, a larva, a pupa e o estágio adulto. O início do ciclo começa com os ovos, postos pelas borboletas geralmente em folhas de plantas. "Esse período dura de alguns dias até um mês", diz a entomologista (especialista em insetos) Cleide Costa, do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo. Um mecanismo no corpo do inseto faz o embrião permanecer inativo no ovo até as condições do clima e do crescimento da planta onde está se tornarem favoráveis. Ele se transforma, então, em larva (lagarta). Nessa fase, com duração de meses até mais de um ano, o animal come mais, geralmente folhas, para crescer e guardar energias. Durante esse estágio, a larva produz fios de seda ou semelhantes, que se prendem à superfície onde ela está. Apesar de ainda não ser o casulo, esses fios servem como abrigo contra os predadores. Ao atingir a fase de pupa, depois de várias mudanças de pele, o animal usa esses fios para construir o verdadeiro casulo. É nessa terceira fase que acontecem as grandes mudanças. A larva fica em estado de total repouso por um período que varia de uma semana a um mês e os tecidos do seu corpo vão se modificando. Quando a borboleta está pronta, ela rompe o casulo e libera as asas. A principal atividade na fase adulta, que dura de uma semana a alguns meses, é a reprodução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário