Mostrando postagens com marcador refletir. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador refletir. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 30 de maio de 2018

O leão e o rato.


Depois de um cansativo dia de caça, um leão deitou debaixo de uma árvore para descansar. Quando adormeceu, uns ratos se atreveram a sair do seu esconderijo e começaram a brincar ao redor do leão. Logo o mais travesso, teve a ideia de se esconder debaixo da juba do leão, com tanta má sorte, que o despertou. Muito mal humorado por ver seu descanso interrompido, o leão agarrou o rato entre suas garras e deu um rugido: - Como você se atreve a perturbar meu sono, insignificante rato? Vou comê-lo para que possa aprender a lição! O rato, que estava tão assustado, que nem podia se mover, disse-lhe tremendo: - Por favor, não me mate, leão. Eu não queria te incomodar. Se me deixar livre, eu serei eternamente grato caso algum dia precise de mim. - Há há há! Riu-se o leão olhando para o rato. Um ser tão pequeno como você, vai me ajudar de que forma? Não me faça rir! Mas o rato insistiu outra vez, até que o leão, comovido pelo seu tamanho e sua valentia, deixou-lhe ir embora. Alguns dias depois, enquanto o rato passeava pelo bosque, ouviu uns rugidos terríveis que faziam as folhas das árvores tremerem. Rapidamente correu até o lugar de onde vinha o barulho, e encontrou o leão ali, que havia ficado preso numa forte rede. O rato, decidido a pagar sua dívida, disse-lhe: - Não se preocupe que eu te salvarei. E o leão, sem pensar, perguntou: - Mas como, se você é tão pequeno para tanto esforço. O rato começou então a roer a corda da rede onde o leão estava preso, e o leão se salvou. O rato lhe disse: - Alguns dias atrás, você se enganou, pensando que eu nada poderia fazer para te agradecer. Agora é bom que saiba que os pequenos ratos somos agradecidos e cumprimos nossas promessas. O leão não teve palavras para agradecer ao pequeno rato. Desde esse dia, os dois ficaram amigos para sempre.

domingo, 27 de maio de 2018

A girafa e macaco


Certo dia, um macaco ia passeando, e de repente avistou um zoológico, então decidiu ir lá. Ele estava com muito medo de alguém do zoológico pegá-lo, mesmo assim foi ao local. Quando chegou, viu uma gigantesca girafa, então resolveu ficar conversando com ela, para ver se ficavam amigos, e conseguiu mesmo. Na hora do jantar um funcionário do zoológico amarrou todos os animais, depois eles começaram a comer. A girafa conseguiu se soltar, pegou o macaco e saiu correndo com ele. Ela correu tanto que ninguém conseguiu alcançá-la. Ao achar um belo cacho de bananas, foi tentar pegar para dividir com o macaco, porém o cacho estava muito baixo e não conseguiu pegá-lo. O macaco, mais que ligeiro, pegou o cacho e saiu às pressas e não se lembrou da girafa. O animal de pescoço alongado ficou muito triste e foi caminhando. O macaco encontrou um outro cacho de bananas, mas agora seria a vingança da girafa: o cacho estava muito alto, o macaco era muito baixo e não conseguiria alcançá-lo. A girafa não quis se vingar, mesmo depois do que o macaco tinha feito, repartiu tudo com ele . O macaco ficou envergonhado, e saiu pulando até hoje. MORAL: A Vingança não vale a pena.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

O coelho e a cabra


Um belo dia, o coelhinho saiu para colher cenouras, e acabou deixando a porta de sua casa aberta. Ao voltar, ele percebeu que a casa estava fechada, então pensou: -Quem está aí dentro? O coelho bateu à porta e, apareceu uma cabra dizendo: - Saia da minha casa! Eu sou a cabra Cabrez, te dou um salto e te parto em três. O coelhinho saiu correndo, viu um boi, pediu: - Seu boi uma cabra invadiu minha casa, ainda disse que me dá um salto e me parte em três. Ajude-me, seu boi. O boi teve medo, e disse para o coelho que estava muito ocupado. O coelho viu o cachorro dormindo, e disse: - Acorda pra latir. Respondeu o cachorro: - Au, au!!! O coelho pediu: - Seu cachorro, pode me ajudar? A cabra Cabrez invadiu minha casa e ela disse que me dava um salto e me partia em três. O cachorro estava com muito sono e preferiu voltar a dormir. Assim, o animalzinho se desesperou e começou a chorar, quando veio uma abelhinha bem pequena e disse: _ Por que está chorando, coelhinho? Ele respondeu: _ Por que a cabra Cabrez invadiu minha casa, e ela disse que me dá um salto e me parte em três. A abelhinha foi até a casa do coelho e bateu à porta. A cabra já queria saltar em cima da abelha, mas a abelha deu uma ferroada tão forte na cabra, que ela correu e nunca mais se ouviu falar na cabra Cabrez. MORAL: Tamanho não é documento.

domingo, 20 de maio de 2018

A Bola " Além da Imaginação "


Quando o meu irmão e a família dele se mudaram para a casa nova, muitas coisas estranhas começaram a acontecer. O que eu vou contar foi a experiência mais assustadora de todas que ele teve. Aqui vai: O filho do meu irmão tinha uma bolinha de borracha que ele adorava. Era uma dessas bolas que você joga no chão e ela pula. Devia ser do tamanho de uma bola de tênis. Ele brincava com essa bola todo dia, jogando ela contra a parede da garagem, fazendo ela quicar e voltar pra ele. Numa tarde ele guardou ela numa caixa junto com outros brinquedos. Algumas semanas depois, ele foi pegar a bolinha para brincar com ela e não a encontrou. Ele continuou procurando por ela por toda parte, mas não a encontrava em lugar nenhum. Ele procurou por mais algum dias, mas como toda criança pequena, ele acabou desistindo e esqueceu dela. Vários meses depois, quando o meu irmão estava sozinho em casa, ele estava subindo para o escritório dele. Quando estava na metade da escada, alguma coisa bateu nas costas dele. Quando ele virou para ver o que era, ele ficou chocado ao ver a bolinha de borracha que estava sumida já havia meses rolando pelo chão, como se nunca tivesse sumido. Depois de procurar em volta por alguma outra explicação, ele não conseguiu achar nada. De fato tinha sido a bolinha que acertou ele nas costas. Onde aquela bolinha tinha estado todos aqueles meses? E quem jogou a nele? Não havia mais ninguém na casa para jogar aquela bolinha. Depois de ver alguns registros e coisas do gênero, o meu irmão descobriu o que podia ter acontecido: era o fantasma de um garotinho, que morreu na casa muitos anos atrás. A família que morava na casa era muito reclusiva. Eles quase não tinham contato com o mundo de fora. Eles tiveram só um filho e eram superprotetores com ele, nunca deixavam ele sair de casa ou ter contato como mundo de fora, então basicamente, ninguém sabia da existência da criança. Era como se ele nunca tivesse existido. Uma vida triste, mas verdadeira. www,alemdaimaginacao.com

sexta-feira, 18 de maio de 2018

A fábula da perereca


Numa mata, uma perereca preparava-se para comer uma mosca, quando um macho, que observava a cena, diz: — Perereca, não coma já a mosca! Espere que a abelha a coma, depois tu comes a abelha. Ficaras melhor alimentada. A perereca assim fez e, efetivamente, passados alguns segundos, veio a abelha que comeu a mosca. A Perereca preparou-se, então, para comer a abelha, mas o macho interrompeu novamente. — Perereca, não comas a abelha! Ela vai ficar presa na teia da aranha e a aranha vai comê-la, então tu comes a aranha e ficarás melhor alimentada. A perereca de novo esperou. A abelha levantou voo, caiu na teia da aranha, veio a aranha e comeu-a. A perereca preparou-se para saltar sobre a aranha, mas de novo o macho falou: — Perereca, não sejas precipitada! Há de vir o pássaro que comerá a aranha, que comeu a abelha, que comeu a mosca. Comerás o pássaro e ficarás melhor alimentada. A perereca, reconhecendo os bons conselhos do macho, aguardou. Logo depois, chegou o pássaro que comeu a aranha. Entretanto, começou a chover e a perereca, ao atirar-se sobre o pássaro, escorregou e caiu numa poça d'água. Neste momento, uma cobra que passava por lá, engoliu a perereca e sumiu mata adentro. Moral da História: Isso que dá em ser ganancioso demais. Além disso, quanto mais tempo duram as preliminares, mais molhada fica a perereca. Porém, cuidado! Se não comer, vem outro e come!

terça-feira, 24 de junho de 2014

A APOSTA.


Uma loira e uma morena estavam assistindo ao tele jornal, onde passava um homem ameaçando suicídio em cima de um prédio. - Aposto R$100,00 com você que ele pula. Diz a morena. - Aposto que ele não pula. Diz a loira. Após 5 minutos o homem pula e se espatifa no chão e a loira diz. - É você venceu ele pulou mesmo, tome seus R$100,00. - Desculpe mas não posso aceitar o seu dinheiro, hoje de manha eu vi esta reportagem na tv e já sabia que ele iria pular. - Eu também ja sábia. - Então porque apostou? - Porque não pensei que ele seria tão burro de pular de novo.

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Tempo.


Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar e na rua encontram uma antiga lâmpada a óleo. Eles esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um gênio. O gênio diz: "Eu só posso conceder três desejos, então, concederei um a cada um de vocês". "Eu primeiro, eu primeiro." grita um dos funcionários. "Eu quero estar nas Bahamas dirigindo um barco, sem ter nenhuma preocupação na vida!" Puf! E ele se foi. O outro funcionário se apressa a fazer o seu pedido: “Eu quero estar no Havaí, com o amor da minha vida e um provimento interminável de pinas coladas!" Puf! E ele se foi. "Agora você", diz o gênio para o gerente. "Eu quero aqueles dois de volta ao escritório logo depois do almoço." - diz o gerente. Moral da História: Deixe sempre o seu chefe falar primeiro.

sábado, 2 de novembro de 2013

Judeu e o milionário..


Um judeu, de sangue raríssimo, doou ½ litro de sangue a um milionário muito doente. Para retribuir o gesto, o milionário deu ao judeu uma BMW 0km. Dias depois, o milionário precisava de mais sangue. Avisou ao judeu, que super-depressa foi ao hospital. Seria preciso mais 1 litro. O judeu falou: - Se quiser, tire logo 3. Assim feito, dia seguinte o judeu recebe uma caixa do milionário (contendo 3 esfihas). Ficou indignado! foi cobrar do milionário uma explicação. - Ora, da primeira vez, doei ½ litro e ganhei uma BMW. Na segunda vez, 3 litros e só ganhei 3 esfihas. Por quê? O milionário explicou: - Você esqueceu que agora tenho sangue judeu?

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Marido doente.


Uma mulher acompanha o marido ao consultório médico. Depois de ser atendido, o médico chama a esposa reservadamente e diz: - Seu marido está com stress profundo. A situação é delicada, e se a senhora não seguir as instruções que vou lhe passar, seu marido certamente vai morrer. São apenas 10 instruções que salvarão sua vida: 01) Toda manhã, prepare para ele um café reforçado; 02) Para o almoço, ofereça refeições nutritivas; 03) Para o jantar, prepare pratos especiais, tipo comida japonesa, italiana e francesa; 04) Mantenha em casa um bom estoque de cerveja gelada; 05) Não o atrapalhe quando ele estiver vendo futebol; 06) Pare de assistir novelas; 07) Não o aborreça com problemas do universo feminino; 08) Deixe-o chegar no horário que desejar; 09) Nunca questione onde estava; 10) Faça sexo com ele como e quando ele quiser. No caminho de casa, o marido pergunta: - O que foi que o médico disse? E ela respondeu: - Você vai morrer já, já!

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Salvando Vidas.


Um padre e uma freira viviam num convento e eram muito amigos. Um dia o padre se sente mal e procura um médico. Ele pede vários exames e, com os resultados na mão, diz ao padre: — Eu lamento muito, mas o senhor só tem uma semana de vida! O padre volta arrasado para o convento, chega para a freira e faz uma proposta: — Sabe o que é, irmã? Eu sempre mantive meu voto de celibato. Agora eu vou morrer mesmo e gostaria muito de saber como é o calor de uma mulher. A senhora poderia conceder uma noite de amor a um pobre desenganado? Ela não consegue negar e naquela noite eles se amam loucamente. No dia seguinte o médico liga para o sacerdote: — Padre, o senhor não vai acreditar! O laboratório telefonou dizendo que os exames estavam trocados! O senhor está ótimo de saúde! Feliz da vida, ele volta para o convento e vai correndo procurar a amiga: — Irmã! O médico me ligou e falou que a minha saúde está perfeita! A freira olha melancólica para o horizonte. O padre não entende e pergunta: — O que foi, irmã? Não gostou da notícia? — Não, não é isso... Eu só estou pensando em quantas outras vidas eu já poderia ter salvo!

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Chiclete Argentino..


Um brasileiro está calmamente tomando o café da manhã quando um argentino típico, mascando chicletes, senta-se ao lado dele. O brasileiro ignora o argentino (óbvio) que, não se conformando, começa a puxar conversa: - Argentino: Você come este pão inteirinho? - Brasileiro (de mau humor): Claro. - Argentino: Nós não. Nós comemos só o miolo, a casca nós vamos juntando num container, depois processamos, transformamos em croissant e vendemos para o Brasil. O Brasileiro ouve calado. O Argentino insiste: Você come esta geléia com o pão? - Brasileiro: Claro. - Argentino: Nós, não. Nós comemos frutas frescas no café da manhã jogamos todas as cascas, sementes e bagaços em containers,depois processamos, transformamos em geléia e vendemos para o Brasil. - Brasileiro: E o que vocês fazem com as camisinhas depois de usadas? - Argentino: Jogamos fora, claro! - Brasileiro: Nós não. Vamos guardando tudo em containers, depois processamos, transformamos em chicletes e vendemos para a Argentina...

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

O Sermão da Tempestade.


No meio de uma terrível tempestade em alto mar, o transatlântico bate em um iceberg e começa a afundar. O capitão, vendo que não havia salvação, pede ao padre que reze uma missa. — Meus filhos — diz o padre — hoje falarei da importância da carta de Paulo aos romanos... — Padre! — interrompe o capitão — Por favor, pule essa parte e vá logo ao mais importante! Daqui a pouco estaremos afundando! — Meus filhos — recomeça o padre — hoje falarei da importância de fazer uma generosa doação para a nossa igreja...

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Provérbios .


O que são, lista dos mais populares, formato, cultura popular, sabedoria popular Os provérbios são ditos populares (frases e expressões) que transmitem conhecimentos comuns sobre a vida. Muitos deles foram criados na antiguidade, porém estão relacionados a aspectos universais da vida, por isso são utilizados até os dias atuais. É muito comum ouvirmos provérbios em situações do cotidiano. Quem nunca ouviu, ao fazer algo rapidamente, que “a pressa é a inimiga da perfeição”. Os provérbios fazem sucesso, pois possuem um sentido lógico. A maioria é de criação anônima. O provérbio é fácil de decorar e transmitir em função de seu formato simples, curto e direto. Falam sobre diversos assuntos e fazem parte da cultura popular da humanidade. Encontramos provérbios para praticamente todas as situações de vida. Lista de provérbios populares: · Dai a César o que de César e a Deus o que de Deus. · Quem com ferro fere, com ferro será ferido. · Mais vale um pássaro na mão do que dois voando. · A pressa é a inimiga da perfeição. · Cavalo dado não se olha os dentes. · A ocasião faz o ladrão. · Quando um não quer, dois não brigam. · Antes calar que mal falar. · Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. · Cada cabeça, cada sentença. · Caiu na rede é peixe. · Casa de ferreiro, espeto de pau. · O seguro morreu de velho. · Cada macaco no seu galho. · Quem tudo quer nada tem. · Devagar se vai ao longe. · De grão em grão a galinha enche o papo. · Errar é humano. · Falar é fácil, fazer é que é difícil. · Filho de peixe, peixinho é. · Leite de vaca não mata bezerro. · Nada como um dia depois do outro. · Não há rosas sem espinhos. · Não se faz uma omelete sem quebrar os ovos. · Nunca digas que desta água não bebereis. · O barato sai caro. · Onde há fumaça, há fogo. · Pela boca morre o peixe. · Quem ama o feio, bonito lhe parece. · Quem espera sempre alcança.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

O NÚMERO 7 E O DESASTRE DO AVIÃO DA VARIG


"Poderia uma pessoa desde quando nasce estar com seu futuro programado? Do mesmo modo, poderia um grupo de pessoas em uma viagem estar com seu fim já pré-determinado? Se isso acontecesse, seria possível que surgissem sinais e avisos no decorrer do tempo, indicando o que estaria por vir, mesmo sendo algo incomum e além da capacidade de compreensão das pessoas de nosso mundo?" Os fatos descritos a seguir mostram que isso pode realmente ser possível! ================================================================================= 11 de Julho de 1973, Aeroporto Internacional do Galeão, Rio de Janeiro, Brasil. 117 pessoas embarcam no Vôo da Varig "RG – 820" com destino à Londres, Inglaterra. O avião, um boeing 707 com capacidade para 202 pessoas, faria uma escala no Aeroporto de Orly em Paris. No comando do avião estavam Gilberto Araújo da Silva, um dos melhores pilotos da companhia, tendo o título de Comandante Master (posto máximo na carreira de piloto) e o segundo comandante Antônio Fuzimoto. Entre os passageiros, personalidades como a socialite e belíssima atriz Regina Léclery, o senador e Presidente do Senado Filinto Muller, o cantor Agostinho dos Santos, o iatista tricampeão mundial Joerg Bruder e o jornalista Júlio Delamare (primeiro diretor do departamento de esportes da Rede Globo). A manhã estava tranquila quando o avião levantou vôo do aeroporto do Rio de Janeiro. A travessia sobre o Oceano Atlântico ocorreu sem problemas e logo estavam sobrevoando a bela cidade de Paris, onde o avião faria uma escala. A comissária de bordo pediu para que todos sentassem em suas poltronas e afivelassem o cinto de segurança. O comandante Gilberto com uma voz calma descreve os pontos turísticos de Paris. O avião já estava em procedimento de pouso e apenas a 1 minuto da pista do Aeroporto de Orly quando a torre de controle recebe uma mensagem do comandante Gilberto: “Eu tenho um problema mecânico com meus motores …Eu vou morrer!” Ao se aproximar do Aeroporto de Orly, iniciou-se um incêndio no fundo do avião. Os comissários de bordo correram para apagar as chamas, mas logo todo o avião estava tomado por uma fumaça densa e tóxica. A fumaça invadiu a cabine e os pilotos perderam a comunicação com a torre de controle. Exatamente às 14:03' os pilotos resolveram fazer um pouso de emergência. Em uma manobra habilíssima, os comandantes Gilberto Araújo da Silva e Antônio Fuzimoto desviaram das milhares de casas da capital francesa e pousaram o avião em um campo aberto em Saulx-les-Chartreux, ao sul de Paris. Ainda atordoados, os pilotos abriram a porta da cabine e não enxergavam um centímetro às suas frentes, abriram a porta do avião e pularam para fora. Apesar de todo o esforço dos pilotos, 123 pessoas (116 passageiros mais 7 tripulantes) morreram no desastre, não pela queda do avião, mas queimados e intoxicados pela fumaça do incêndio que iniciou-se em pleno ar. De todos os 114 passageiros, apenas 1 sobreviveu, Ricardo Trajano, um jovem que desobedeceu todos os procedimentos e correu para perto da cabine onde a fumaça não estava tão densa. Quando os bombeiros chegaram ele foi o primeiro a ser resgatado, desmaiado e com queimaduras. Uma minunciosa investigação sobre as causas do incêndio foi feita e para surpresa de todos a causa do incêndio foi um cigarro aceso jogado no lixo do banheiro do avião pouco antes do pouso. A partir desse acidente o fumo foi proibido nos aviões. Apesar da grande perda em pessoas nesse acidente, a tragédia poderia ter sido maior se o avião tivesse caído sobre as casas parisienses. O comandante Gilberto ficou conhecido no mundo inteiro pela enorme perícia com que conduziu o avião e em 26 de julho de 1973 foi condecorado pelo Ministério dos Transportes da República da França. Além da Imaginação Home Page www.alemdaimaginacao.com

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Se famosos fossem pobre estariam assim...


John Travolta se fosse pobre...
Silvio Santos se fosse pobre...
Ivete Sangalo...
Pamela Anderson
Juliana Paes
Fátima Bernardes...
Angélica...
Britney Spears.

sábado, 17 de novembro de 2012

Piada de loira


Depois de comprar um novo estoque de lingeries, a loirinha pede à bordadeira que borde os seguintes dizeres em cada uma de suas calcinhas: "Se você consegue ler isto, é porque está perto demais". — Em letras de forma? — pergunta a bordadeira. — Não, não... Em Braile, por favor!

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Dormir depois do sexo sinal de amor profundo.


Um estudo científico realizado pela Universidade do Michigan e pela Faculdade de Albright, na Pensilvânia (EUA), veio questionar um dos mitos da sexualidade: dormir logo depois de fazer sexo não é sinal de desrespeito pelo parceiro sexual ou desvalorização da sua presença, mas sim de amor profundo. Em declarações ao ‘Daily Mail’, o investigador Daniel Kruger, da Universidade do Michigan, que liderou o estudo, foi taxativo: “Quanto mais se tende a adormecer depois do sexo, maior é o desejo de estar junto ao parceiro”. O estudo, publicado no ‘Journal of Social, Evolutionary, and Cultural Psychology’, envolveu 456 participantes, aos quais foram realizados inquéritos anônimos. Concluiu-se também que os homens não têm maior tendência a adormecer depois do sexo, muito embora os investigadores tenham reconhecido que as mulheres adormecem mais cedo mesmo quando não há relações sexuais entre o casal. “Talvez os homens fiquem mais tempo acordados para assegurar que a mulher não os troque por outro parceiro”, disse outro responsável pelo estudo.

sábado, 10 de novembro de 2012

Por que ficamos com raiva quando estamos com fome?


Sabe aquele ditado de que diz que cara ruim é fome. Pois ele é verdadeiro e tem explicação científica. Segundo pesquisadores da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, a raiva que algumas pessoas sentem quando estão com fome pode ser resultado das flutuações de serotonina no cérebro, o que ocorre, frequentemente, quando a pessoa esta em estado de estresse ou há muito tempo sem comer. O estudo envolveu voluntários saudáveis que tiveram seu nível de serotonina alterados através da manipulação da dieta. Foram utilizados exames de ressonância magnética funcional (fMRI) para mapear e medir a atividade cerebral dessas pessoas enquanto viam imagens de rostos com expressões de raiva, tristeza e neutras. Os resultados relevaram que baixos níveis de serotonina provocaram comunicações mais fracas na amígdala (regiões específicas do sistema límbico emocional do cérebro) e nos lobos frontais. Segundo os pesquisadores, isso pode sugerir que quando os níveis de serotonina estão baixos fica mais difícil para o córtex pré-frontal controlar as respostas emocionais para raiva geradas dentro das amígdalas. Leia mais sobre o estudo em Humana Saúde

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Pintor Portuga.


Procurando emprego no Brasil, o português foi contratado para pintar as faixas da Via Dutra. Logo no primeiro dia, ele pintou 45Km de faixas, o inspetor o elogiou. No segundo dia, pintou apenas 4,5Km, então o inspetor ficou desconfiado. No terceiro dia, pintou somente 1km. O inspetor falou: — Terei que demiti-lo por isso! O português se justificou: — Ora bolas! Não tenho culpa, é que a lata de tinta está muito longe

domingo, 28 de outubro de 2012

Pagando para atravessar a rua.


Um caipira recém-chegado a São Paulo, encontra-se às duas da tarde na av. paulista para atravessar no sinal. Ao ver aquele mundarel de carros, o caipira fica desesperado e não atravessa de jeito nenhum. O guarda notando o aperto do cara pergunta: - Tá querendo atravessar? - Tô sim sinhô. Responde o caipira. - São 10 pratas, diz o guarda. - Nossa! Quero não! É muito caro! – diz o caipira. E continuou por ali, naquele vai-não-vai. Lá pelas cinco da tarde aparece uma dessas meninas com pouca roupa e muito charme, que trabalham por ali. O caipira ao ver aquele mulherão rebolando pra lá e pra cá, ficou deslumbrado e não tirava os olhos da moça. Notando o interesse dele, ela pergunta: - Vai? - Quanto é? – pergunta ele. - Cento e cinquenta! – responde ela. - Vô não moça. prefiro ir com o guarda que só cobra 10.